6 dicas para contratar o Seguro Auto

Escolher um Seguro Auto é uma tarefa que exige alguns cuidados na hora da contratação. Por isso, trouxemos algumas dicas que vão te ajudar a contratar o plano ideal e gerar economia

Escolher um Seguro Auto é uma tarefa que exige alguns cuidados na hora da contratação. Por isso, trouxemos algumas dicas que vão te ajudar a contratar o plano ideal e gerar economia para o seu bolso.

1) Escolha um bom corretor

Ter um bom corretor de seguros é sinônimo de economia de dinheiro e tempo. Além de auxiliar na busca da melhor apólice, o profissional deve orientar o contratante com a coleta de documentos e preenchimento de questionários, afim de gerar descontos e acelerar o processo de indenização.

corretor deve acompanhar o cliente durante a vigência do plano e não somente no momento de fechamento do negócio. Caso ocorra algum sinistro, você deve ter a liberdade para contatá-lo e solicitar auxílio nos processos.

2) Faça cotações com várias seguradoras

Assim como no momento de aquisição de um carro, a pesquisa de preços e benefícios de Seguro Auto é muito importante. As seguradoras possuem propostas diferentes, que podem ou não ser vantajosas para suas necessidades, e os valores também podem variar bastante de uma empresa para outra.

Solicite ao corretor cotações em diferentes seguradoras. Atente não somente para o preço, mas também para a eficiência do plano. Quem pesquisa sai na vantagem.

Na Poolseg, é possível realizar a cotação do seguro automóvel de forma Online, recebendo até 10 opções de cotações em diferentes seguradoras diretamente na tela. Para realizar uma cotação, acesse: https://www.poolseg.com.br/seguro/automovel

3) Cuidado com as economias

O valor reduzido de um pacote pode ser bem atrativo, mas a economia na contratação da apólice pode gerar prejuízos maiores no futuro. Como mencionamos no item 2, as seguradoras possuem diferentes planos para os seguros de automóveis. Sendo assim, um pacote pode garantir segurança contra roubos, mas não a cobertura de danos a terceiros.

Em entrevista para a revista Exame, o especialista em seguros e professor do Curso de Administração e MBA da ESPM, Adriano Gomes, afirma que “o seguro serve não só para proteger seu bem, como para arcar com prejuízos causados a terceiros”. Segundo ele, as coberturas a terceiros costumam ser de 50 mil reais, mas podem ser ampliadas a 500 mil reais com um custo adicional de apenas 200 reais na contratação da apólice.

Também é importante atentar se o pacote possui carro reserva e auxílio para o guincho. Muitos clientes optam por planos de Seguro Auto mais baratos, mas acabam tendo que arcar com as despesas de táxi e guinchos por fora.

4) Não pague por benefícios desnecessários

Além de cuidar com a falta dos benefícios nos pacotes do Seguro Auto, é preciso ficar atento as coberturas em excesso. Cada vez as seguradoras oferecem pacotes mais completos, com serviços especiais que nem sempre são importantes para sua necessidade. Avalie com o corretor a importância desses serviços.

“Se você não dirige em estradas e tem outros carros na garagem, pagar mais pela quilometragem de guincho ou pelo carro reserva não faz sentido”. (Exame)

5) Tenha uma cobertura para terceiros

Caso você se acidente no trânsito e gere prejuízos a outras pessoas, a responsabilidade é sua. Por isso, é importante verificar se a cobertura prevê auxílio para este tipo de sinistro, pois a pessoa pode solicitar que você se responsabiliza pelos reparos e indenizações, tanto materiais como corporais.

6) Informe o corretor sobre mudanças

Atualizar as informações de cadastro ao renovar o Seguro Auto é importante para não haver problemas na documentação e garantir outros descontos. As alterações devem ser informadas para o corretor, inclusive dados que possam encarecer o plano.

Autor: Brasil Automóveis